domingo, novembro 30, 2008

A LUA NOVA brilhou em Faro

Chegámos a Faro com a chuva, mas nem o mau tempo abalou os contos que levámos na "mala" para as três Oficinas que apresentámos na Biblioteca Municipal António Ramos Rosa em Faro.

A primeira actividade, no início da tarde de sexta, foi mostrar aos alunos de um Jardim Infantil que afinal, embora ainda não consigam entender aqueles montinhos de letras que se seguem a um ritmo descontínuo e que enchem grandes livros, Já sabem ler! Pois é, a verdade é que a leitura não se limita à descodificação de letras. Há todo um mundo de sinais que a todo o momento vamos lendo e apreendendo e que, com a ajuda da imaginação, podem construir verdadeiras histórias de encantar! É só estar atento para os... ler!




Depois, já com a lua a tentar espreitar por entre as nuvens que teimaram em encher o céu, tivemos a companhia de famílias com alunos do 1º Ciclo e, por isso, leitores encartados (ou quase). Desta feita, fomos explorar os cinco sentidos e aprender que ler pode ser muito mais divertido se fizermos uso deles. Com uma pitada de imaginação, foi só pegar no papel e inventar, em família, uma história sobre, com, por e para os cinco sentidos! E no final ainda tivemos uma "verdadeira" contadora de histórias, que nos leu uma história e nos presenteou com uns deliciosos biscoitos de lua!!!




















Já no sábado, foi a Oficina "cONTAS tU oU cONTO eU?!" que apresentámos, e as famílias acompanharam-nos em contos tradicionais com "cheirinho" a LUA NOVA e aceitaram a nossa sugestão de, em família, criar um novo final para um livro. A "cavalo" na imaginação que dançava pelo ar, foi fácil criar novos finais, o mais difícil foi mesmo passar para o "lado de lá" e, por um bocadinho, ser o "Contador de Histórias" de serviço, mas com a ajuda dos pais todas as histórias se contaram e encantaram!





















A todos os que acreditaram que a LUA NOVA um dia iria "brilhar" em Faro, e aos que os que nos acompanharam nestas pequenas viagens pelo mundo da fantasia, o nosso bem haja!


Um abraço da LUA NOVA e até sempre!


2 comentários:

aurea disse...

Que pene ter sido tão longe para mim, que gosto sempre tanto de vos ouvir...
Para quando, novamente na Quinta Pedagógica, que me fica mais perto e onde gosto muito de ir!... bjos

Anónimo disse...

Foi uma tarde diferente em que nos divertimos a inventar histórias. Obrigada à lua nova.